Cuidados com a alimentação na praia

Nossa colunista indica lanches fáceis e gostosos para garantir equilíbrio e segurança no momento de petiscar à beira-mar

Com a chegada do verão, as visitas à praia ficam mais frequentes e não podemos deixar de nos cuidar e planejar alguns lanchinhos. Assim, cai o risco de cairmos em ciladas quando bate aquela fome entre um mergulho e outro.

Além de tentar fugir de opções muito gordurosas e ricas em açúcar, devemos ficar atentos em relação às questões de higiene e à procedência dos alimentos para, assim, evitarmos contaminação ou uma infecção alimentar.

Separamos algumas dicas de lanches fáceis para você levar de casa e conseguir manter o equilíbrio:

Frutas

As versões in natura são sempre uma ótima escolha. Banana, melão, melancia, uva, maçã, entre outras, são opções que podem ser levadas picadas em potes ou inteiras, já bem lavadas e secas.

Sanduíches naturais

Eles dão uma saciedade maior no momento da fome. Podem ser feitos com pão de forma, sírio, francês ou bisnaguinha e recheados com frango ou atum em lata.

Vegetais

Caem muito bem como snacks. Pepino ou cenoura podem ser cortados em formato de palito – se preferir, tem a versão baby. Tomatinhos cereja também são de fácil consumo e armazenamento.

O famoso milho cozido vendido por ambulantes pode ser feito em casa e levado já preparado, evitando, assim, o perigo de contaminação.

E não esqueça jamais da sua principal aliada no verão: água! Ela é hidratante, o que é ótimo para os dias quentes.

O ideal é consumir, no mínimo, dois litros por dia – mas pode ir além dessa quantidade, especialmente por causa da perda de líquidos por meio do suor. Para tomar o dia todo, leve sua garrafinha a tiracolo. E aproveite a curtição!

Fonte: Veja Saúde.