ANVISA PROPÕE NOVO MODELO DE ROTULAGEM DOS ALIMENTOS

Algumas pesquisas já indicaram que boa parte da população não entende direito as informações contidas nos rótulos dos alimentos. Aí fica difícil comparar produtos e ter a certeza de que está levando para casa a melhor opção. Nos últimos tempos, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) avaliou propostas para mudar esse cenário.

O esquema anunciado pela Anvisa no dia 12 de setembro, e que seguirá nos próximos dias para consulta pública, fica no meio do caminho. Nem semáforo colorido nem triângulo de advertência: a entidade optou por um design com formato de lupa. A ideia é que ele apareça na parte superior da embalagem quando o alimento for rico em gorduras saturadas, sódio ou açúcar.

Para a nutricionista e líder do programa de Alimentação Saudável do Idec, Ana Paula Bortoletto, a decisão é, sem dúvidas, um avanço à regulamentação de hoje. Mas ainda deixa a desejar em alguns aspectos. “Esse formato não passa, necessariamente, a ideia de advertência”, exemplifica.

Embora os nutrientes escolhidos sejam realmente críticos, já que seu excesso contribui para o aumento no risco de doenças crônicas, Ana acha uma pena que a informação sobre presença de adoçantes não conste no esquema anunciado pela Anvisa. Dessa maneira, um refrigerante zero não receberia uma estampa com advertências. “E isso não significa que seja um produto saudável”, reflete.

Te informar, #IssoéCACSS