Controle da Pressão alta

O documento, lançado durante o Congresso Brasileiro de Cardiologia (SBC), em novembro, coloca o cardápio balanceado como um dos pilares tanto da prevenção quanto do controle da pressão alta. “A adoção de programas alimentares saudáveis, associada à prática de atividade física, à melhora do sono, ao manejo do estresse e à redução do peso, está entre as principais medidas na redução do risco e também faz parte do tratamento não medicamentoso”, diz o cardiologista Marcus Bolívar Malachias, professor da Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais e um dos autores da publicação.

Com o respaldo da ciência, ingredientes vindos do prato são apontados como amigos do peito. Não por acaso, alguns modelos de cardápio aparecem na diretriz brasileira. A maior estrela continua sendo a Dash, sigla para Dietary Approaches to Stop Hypertension, ou Dieta para Combater a Hipertensão. Sua receita mistura cereais integrais, frutas, verduras, legumes, além de castanhas e afins. Indica-se priorizar carnes e laticínios magros e reduzir as pitadas de sal e colheres de açúcar.

Te informar, #IssoéCACSS