O impacto da menopausa no ganho de peso

Nesse período, é preciso gastar mais e comer menos. No início da menopausa, os sintomas variam de mulher para mulher e isso irá depender da predisposição genética, fatores emocionais, doenças e etnia.

Durante esse período é perceptível mudanças no padrão de sono, humor e na disposição física. Além disso, surgem sintomas vasomotores, que são conhecidos como as “ondas de calor”. A região vaginal e pele ficam secas, a libido diminui e o famoso aumento de peso acontece.

Mulheres que já tem uma rotina sedentária, acabam ganhando mais calorias podendo até desenvolver obesidade. Com a diminuição do metabolismo energético, as mulheres acabam sofrendo com o acúmulo de peso mesmo as que têm hábitos mais saudáveis.

Já mulheres que são obesas nessa fase da vida sofrem consequências mais graves quando se trata das ondas de calor, o que as leva a renunciar certas práticas de atividades físicas e serem menos produtivas no trabalho.

Portanto, é muito importante organizar o padrão de vida, aumentar o gasto energético praticando atividades físicas, como: aulas de danças, caminhadas, passeios de bicicleta etc. E manter sempre uma alimentação saudável e equilibrada para reduzir as calorias diária. Em outras palavras, é preciso “gastar mais e ingerir menos” do que era comum aos 40 anos de idade.

Fonte: https://veja.abril.com.br/blog/letra-de-medico/o-impacto-da-menopausa-no-ganho-de-peso/